ECONOMIA & NEGÓCIOS

Previsões pessimistas para emprego e negócios devem persistir em 2016

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios desta sexta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/01/2016 às 14:58
Leitura:
Imagem reprodução


Na coluna Economia e Negócios desta sexta-feira (1°), Ecio Costa falou sobre as previsões pessimistas e fechamento de mais de dois milhões de postos de trabalho.

De acordo com o economista, se os números forem confirmados até o final deste ano, o número de desempregados deve dobrar, em comparação ao mesmo período de 2015. “A gente pode chegar até 2,2 milhões de vagas ameaçadas para o ano de 2016 e somente em 2017 deve ocorrer a retomada nas contratações”, disse.

Ainda de acordo com Ecio Costa, em 2015, a indústria e a construção civil foram as principais responsáveis pelas demissões. “O efeito agora vai repercutir no setor de serviços, que abrange também o setor do comércio”, afirmou.

Confira a coluna Economia e Negócios na íntegra:

Mais Lidas