IMPRUDÊNCIA

Delegado fala sobre investigações de acidente em Aldeia

O motorista do automóvel foi identificado como Felipe e o carro pertence a uma construtora da cidade de Olinda

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/01/2016 às 11:45
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

O delegado responsável pela investigação do acidente no quilômetro 01 da Estrada de Aldeia, na madrugada do último domingo (3), falou sobre o caso nesta terça-feira (5). Carlos Couto, titular de Camaragibe, já ouviu duas testemunhas e uma delas disse que o condutor que perdeu o controle do veículo e invadiu duas casas, deixando três pessoas feridas, estava embriagado.

O motorista, identificado como Felipe, deve se apresentar na Delegacia de Camaragibe. O carro foi identificado no nome de uma construtora de Olinda e o gerente comercial também foi convocado para prestar esclarecimentos na tarde desta terça-feira.

Segundo os moradores, estaria participando de um “pega”, uma espécie de corrida, na via. O homem fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Dos três feridos, o estado mais grave é o de Cícero Amaro da Silva, de 40 anos. Após ter ficado preso entre os escombros da parede da casa e as ferragens do veículo, foi encaminhado para o Hospital da Restauração, onde teve a perna direita amputada.

Em contato com a empresa à qual pertence o veículo, o gerente comercial afirmou que o carro já havia sido vendido a um terceiro, causador do acidente. Ainda de acordo com o investigador, o motorista vinha de uma casa de shows em Aldeia quando provocou o acidente. O responsável deve responder por lesão corporal gravíssima, sem possibilidade de fiança, por assumir riscos de matar alguém.

Mais Lidas