VIOLÊNCIA

Líder comunitário é assassinado em frente a porta de casa em Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho

Segundo a família, a vítima estaria bebendo com três amigos quando foi assassinado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/01/2016 às 15:36
Leitura:

José Jorge da Silva, de 48 anos, que era líder comunitário de Gaibu, no município do Cabo de Santo Agostinho, foi assassinado com cinco tiros a queima roupa, nessa terça-feira (5), em frente à casa dele, no Loteamento Nova Esperança.

Segundo a família, a vítima estaria bebendo com três amigos quando foi assassinado. A irmã dele, a senhora Maria José, que é vizinha do irmão, explica o que aconteceu. “Foram dois caras numa moto, só que a gente não sabe quem foi”, lembrou a mulher. “Na hora eu escutei os tiros e minha cunhada gritando na frente da casa dele”, disse a mulher, que ainda destacou que o irmão costumava ficar em frente à residência.

De acordo com a irmã da vítima, José Jorge era muito agressivo e falar muito. “Brigava muito. Não levava desaforo para casa, se alterava, falava besteira”, relatou.

Juliana Oliveira traz os detalhes:

Um dos amigos da vítima que também estava bebendo com o líder comunitário também foi atingido na perna e encaminhado ao Hospital Dom Helder Câmara e passa bem. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios da Região Metropolitana Sul.

Mais Lidas