PROGRAMAÇÃO

Tradicional queima da lapinha no Recife e Festa de Reis em Olinda marcam o fim do ciclo natalino

Eventos também abrem a temporada pré-carnavalesca em Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/01/2016 às 8:59
Leitura:
Foto: Guga Matos/JC Imnagem

Na capital, o evento começa às 18h com a concentração de 15 pastoris no Pátio do Carmo, no Centro. De lá os grupos saem em caminhada até o Pátio de São Pedro para a cerimônia de desmonte do presépio.

A imagem do Menino Jesus é retirada e entregue de presente a um homenageado para ser responsável pelo artefato. Antes da queima da lapinha, que é feita com folhagens secas e incensos, as pessoas podem jogar os pedidos escritos em papel.

Depois dos cânticos dos pastoris é a vez de Mendes e sua Orquestra e do Bonde Bloco Carnavalesco Lírico. A partir daí, está aberto o ciclo carnavalesco – das prévias aos desfiles de rua e concurso de agremiações.

O assessor técnico da fundação de cultura cidade do Recife, Marcelo Varela, ressalta a importância da festa:

Já na casa da rabeca, na cidade tabajara, em Olinda, será realizada amanhã a 21ª Festa de Reis. O evento, que reúne dez grupos de Cavalo Marinho de Pernambuco e da paraíba, começa às 19h.

A tradição de homenagear os três Reis Magos começou em Portugal e ganhou contornos próprios no Nordeste. O ator e bailarino Pedro Salustiano, filho do Mestre Salustiano, organizador da festa afirma que a cultura popular tem que ser mantida:

Mais Lidas