CULTURA

Sob nova administração, Museu Cais do Sertão volta a funcionar

Devido às dificuldades financeiras os dias e horários de visitação permanecem reduzidos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/01/2016 às 21:46
Leitura:
Foto: Divulgação

Depois de uma semana com as portas fechadas o Museu Cais do Sertão no Recife Antigo reabriu nesta quinta-feira (07), sob nova administração. O equipamento está sem contrato de gestão desde o fim do ano passado e enquanto o governo do estado não fecha uma nova licitação a Fundação Gilberto Freyre assume o controle do local.

Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim


Devido às dificuldades financeiras os dias e horários de visitação permanecem reduzidos, indo de quinta a domingo das 11h às 17h. Mesmo antes de encerrar o horário de visitação do primeiro dia de funcionamento o funcionário público Júlio Azevedo foi impedido de entrar “disseram que eu não poderia mais entrar por que já estava cheio. Inclusive três pessoas de Fortaleza também não entraram. Se é um ponto turístico eles deveriam incentivar a visitação e não o contrário” relatou.

O Museu Cais do Sertão foi inaugurado em abril de 2014 com investimento de R$ 97 milhões de reais. O espaço conta com a ajuda da tecnologia para guiar os visitantes, através da obra do cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga e da cultura do sertão. As obras ocupam 2 mil metros quadrados do antigo Armazém 10 do porto do Recife. Mesmo encantado com espaço o isolador técnico Adeildo Almeida criticou o sistema de refrigeração do espaço “O ar-condicionado ainda está sem funcionar. Mas o local é muito bacana para trazer as crianças, não entendo por que estava fechado, faltam muitas coisas ainda, porém é uma ótima opção para vir com a família.


No local os visitantes também podem conferir uma exposição permanente sobre o Rio São Francisco. O valor da entrada custa R$ 8,00 reais.

Mais Lidas