CRIME

Número de trotes em Caruaru aumenta em 300% no período de férias

Isso acontece principalmente por conta do período de férias pois as crianças são as que mais ligam

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/01/2016 às 14:52
Leitura:
Foto: Reprodução/ Internet


Durante o período de férias, o índice de trotes a órgãos que fazem socorro de vítimas de acidentes, como Corpo de Bombeiros e Samu, aumenta cerca de 300%. Isso acontece principalmente por conta do período de férias e as crianças são as que mais ligam.

Os dados apontam que a cada cinco ligações, duas são trotes. Para se ter uma ideia, o Samu do Agreste, que atende mais de 30 cidades, recebe por dia uma média de 80 trotes. Vale lembrar que trote é crime e se for praticado por crianças o adulto responsável é quem sofre as penalidades da lei.

Núbia Silva traz os detalhes:

Cícero Jadiel, enfermeiro do Samu, fala sobre a penalidade. “Faz parte do código penal. Dá uma detenção de seis meses a um ano. E o adulto responsável pelo seu menor, então isso sendo identificado quem será responsabilizado judicialmente será o responsável”, disse.

A situação é tão complicada, que o Samu já tem uma lista com os números identificados como trote. “Como nós temos um cadastro de números de trotes, muitos telefones não têm uma credibilidade para que seja solicitado aquele socorro”, destacou, dizendo que às vezes o Samu retorna a ligação e comunica a algum adulto que o aparelho está sendo utilizado para passar trote.

Mais Lidas