RECONHECIMENTO

Pastoral da Saúde vai premiar melhores iniciativas de combate ao mosquito Aedes aegypti

A premiação é de R$ 1.000, R$ 600 e R$ 400 respectivamente para as três melhores ações realizadas.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/01/2016 às 9:34
Leitura:
Foto: Ísis Lima/Rádio Jornal


Reportagem de Ísis Lima

No combate ao mosquito Aedes aegypti, toda iniciativa é válida. Por isso, a Pastoral da Saúde Nordeste vai premiar as ações comunitárias mais criativas e relevantes para incentivar a luta contra a muriçoca. O lançamento da campanha aconteceu na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Mangabeira, Zona Norte do Recife.

O bairro foi escolhido por ser um dos mais críticos da cidade quando o assunto são dengue, zika e chicungunhas, as doenças transmitidas pelos Aedes aegyoti. Lá, o grupo da Pastoral da Saúde criou o alerta: "Perigo! Aréa ideal para o mosquito, mas aqui vivem pessoas".

O prêmio vai selecionar as ações comunitárias que melhor representem o debate. As associações não precisam ser religiosas nem ter CNPJ. Para participar é preciso enviar a ideia para o email contato@pastoraldasaúde.ne2.org.br. A premiação é de R$ 1.000, R$ 600 e R$ 400 respectivamente para as melhores ações realizadas.

Mais Lidas