POLÊMICA

Conselho Superior de Transporte Metropolitano adia reunião sobre aumento das passagens

Protesto da Frente de Luta pelo Transporte Público está mantido para esta sexta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/01/2016 às 13:54
Leitura:
Foto: Sério Bernardo/ JC Imagem


O Conselho Superior de Transporte Metropolitano começaria, nesta sexta-feira (15), uma série de debates para definir os reajustes das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife. Porém, de acordo com a Secretaria das Cidades, o debate foi adiado para segunda-feira(18). O local também foi alterado, passando do Grande Recife Consórcio de Transporte, que fica no bairro de Santo Antônio, área central do Recife, para o Centro de Convenções, no bairro de Salgadinho, em Olinda.

Mesmo assim, está mantido pela Frente de Luta pelo Transporte Público um protesto nesta sexta na área central do Recife. Com a alteração no dia da reunião do Conselho, o movimento transferiu a manifestação para às 16h

Uma das representantes, Rafaela Carvalho, criticou a postura do governador Paulo Câmara, em não cumprir uma promessa de campanha de tarifa única no valor de R$ 2,15. “Nós queremos cobrar a responsabilidade de Paulo Câmara, que ele não pode ficar cometendo estelionato eleitoral. Chega nas eleições promete uma coisa aí depois vem e faz outra coisa para agradar aqueles que financiam a sua campanha”, reclamou.

Confira os detalhes na reportagem de Gabriel Almeida:

O movimento cobra uma auditoria nas contas das empresas de ônibus. “Nós não confiamos na planilha do empresário. Já é uma solicitação antiga pela Frente de Luta”, continuou, citando que muitas empresas são investigadas pelo Ministério do Trabalho por descumprirem direitos trabalhistas.

Para o presidente da Urbana-PE, Fernando Bandeira, o reajuste é necessário e acontece em várias cidades do Nordeste. A Polícia Militar informou que estuda fazer um esquema especial de segurança para o protesto desta sexta-feira.

Mais Lidas