ENTREVISTA

Ministro Armando Monteiro comenta sobre a conjuntura econômica do Brasil em 2016

Chefe da pasta de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, ele comentou a instabilidade do mercado internacional

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/01/2016 às 11:46
Leitura:
Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Em entrevista ao comunicador Geraldo Freire nesta sexta-feira (15), Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Armando Monteiro, falou sobre a conjuntura econômica e política atual do Brasil.

O ministro falou que, com a instabilidade das bolsas, e com o processo de desaceleração da China, há muito com o que se preocupar sobre a economia brasileira. “Esse processo de desaceleração da China já acarretou custos para o Brasil. O principal deles é a queda do preço das commodities, já que a China é o maior comprador de commodities agrícolas e minerais do mundo”, afirma Armando Monteiro.

Ainda de acordo com o ministro, nos complexos soja e minério de ferro e um pouco nas exportações de petróleo, apenas em 2015, o Brasil perdeu quase 30 bilhões de dólares de receita de exportação. “Houve uma queda de mais de 20% no preço desses três grupos de produtos, comparados ao ano de 2014”, complementou.

O ministro Armando Monteiro também comentou sobre algumas melhorias no comércio exterior. “Temos expectativas de que as exportações de manufaturados cresçam neste ano. Também fizemos acordos na área automotiva, como o acordo com a Colômbia e Uruguai, além da renegociação com o México. Deste modo, vamos aumentar as exportações de veículos, o que é muito importante para Pernambuco”, comentou.

Mais Lidas