AUMENTO NAS PASSAGENS

Conselho Superior de Transporte deve decidir reajuste nas tarifas de ônibus nesta segunda-feira

A Urbana-PE pede 32% de aumento. Governo do Estado não divulgou o percentual que vai defender. O último reajuste foi de 13,95%

Da Rádio Jornal, com informações do JC Trânsito
Da Rádio Jornal, com informações do JC Trânsito
Publicado em 18/01/2016 às 6:51
Leitura:
Foto: Guga Matos/JC Imagem


Depois de ter sido cancelada na última sexta-feira (15), a reunião para discutir o reajuste nos valores das tarifas de ônibus da Região Metropolitana do Recife, será realizada nesta segunda-feira (19). Os 24 membros do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) se reúnem a partir das 8h, no Centro de Convenções, em Olinda, para debater e votar a mudança percentual do reajuste.

Atualmente, cerca de três milhões de passageiros utilizam diariamente o transporte coletivo por ônibus na Região Metropolitana. O último reajuste nas passagens ocorreu em janeiro do ano passado, com o percentual de 13,95%.

A proposta apresentada pelo sindicato que representa as empresas de ônibus, a Urbana-PE, é de que o reajuste do anel A, o mais usado na RMR, seja de 32%. Assim, a passagem passaria dos atuais R$ 2,45 para R$ 3,25. Já o anel B passaria de R$ 3,35 para R$ 4,40.

O presidente do Grande Recife Consórcio de Transporte, Francisco Papaleo, não adiantou qual será o valor defendido pelo órgão, mas afirmou que ele não será obrigatoriamente igual ao apresentado pela Urbana-PE. "A nossa proposta será após um estudo minucioso através de uma planilha adotada nacionalmente", defendeu. Entre os itens analisados estão a inflação no período, o custo dos combustíveis e as despesas com os trabalhadores do setor.

Depois que o reajuste for definido, será levado para análise da Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe). Cabe ao órgão arredondar e definir a data de implantação dos valores.

Um pequeno grupo de manifestantes promete acompanhar de perto a reunião no Centro de Convenções. O integrante da Assembleia Nacional dos Estudantes Livres, Diogo Xavier, diz que o preço sugerido para a passagem é incompatível com a qualidade do transporte coletivo.

A plenária da Frente de Luta pelo Ttransporte Público deve ocorrer às 19h no DCE da Unicap, na Boa Vista. Os conselheiros contrários ao reajuste nas tarifas prometem pedir vistas das propostas apresentadas.

Mais Lidas