AEDES AEGYPTI

Exército intensifica ações de combate à dengue em Olinda

Mais de 30 integrantes do Exército vão atuar com 160 agentes de combate a endemias, além dos agentes de saúde

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/01/2016 às 10:35
Leitura:
Imagem ilustrativa. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Em Olinda, nesta segunda-feira (18), 35 integrantes do Exército começam o trabalho de combate ao mosquito aedes aegypti. Eles vão atuar junto a 160 agentes municipais de combate a endemias, além dos agentes de saúde.

A cerimônia de capacitação foi realizada na manhã desta segunda-feira, no auditório de uma faculdade particular do Bairro Novo, na área Central de Olinda. Na ocasião, também foi detalhada a Operação Carnaval, que terá ênfase nas residências da Cidade Alta.

As equipes vão visitar os imóveis ainda nesta segunda-feira e, dependendo do cenário, aplicar larvicida ou raticida. A secretária de Saúde da cidade, Tereza Miranda, explicou que a prioridade é garantir a segurança dos foliões no carnaval. “Estamos realizando mutirões para combater o mosquito e para evitar que, no período carnavalesco, não façamos uma interrupção”, comentou.

Ainda de acordo com a secretária, no carnaval, apenas os agentes continuarão com o trabalho porta a porta. “Temos o apoio da Procuradoria Geral do município, para os casos em que há recusa da entrada do agente de endemia na casa. Nestes casos, solicitamos liminar autorizando a entrada e a realização do trabalho de conscientização”, comentou.

No ano de 2015, 4.028 casos suspeitos de dengue foram notificados, apenas em Olinda. Destes, aproximadamente 1.600 foram confirmados. A expectativa é que o trabalho intensificado dure 30 dias em Olinda.

Mais Lidas