Após interdição do Corpo de Bombeiros, 68 camarotes não vão funcionar durante o desfile do Galo

De acordo com o major Éric Aprígio, desde outubro, os proprietários estavam cientes das irregularidades

CARNAVAL 2016

Da Rádio Jornal

Foto: Clarissa Siqueira | Rádio Jornal


Integrantes do Grupo de Trabalho do Carnaval de Pernambuco realizaram, nesta terça-feira (19), a vistoria dos seis quilômetros de percurso do bloco Galo do Madrugada que acontece no dia 06 de fevereiro. Participaram da ação técnicos do Conselho Regional de Agronomia, equipes do Corpo de Bombeiros, Prefeitura do Recife, Celpe, operadoras de telefonia e polícias Militar e Civil. 

Durante o monitoramento, são analisados a proximidade da fiação de postes ao público, problemas como buracos nas ruas e calçadas do trajeto, além de fiscalização dos camarotes. Este ano, 68 não tiveram, do Corpo de Bombeiros, a permissão para funcionar durante o bloco carnavalesco. 

De acordo com o major Éric Aprígio, desde outubro, os proprietários estavam cientes das irregularidades. Ele afirma que os donos dos camarotes não terão tempo suficiente para se regularizarem. “Não há mais tempo, a gente prima muito pela segurança, são 45 camarotes regulares que as pessoas podem escolher para brincar”, disse.

A lista com a relação dos camarotes irregulares vai estar disponível no site www.bombeiros.pe.gov.br. 

Quem também destacou as ações desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho do Carnaval, foi o coronel da Polícia Militar e presidente da equipe Gilmar Oliveira. “A parte de obstáculos que, porventura esteja na via, deve ser removida pelos órgãos competentes”, afirmou. 

O Galo da Madrugada é considerado o maior bloco carnavalesco do mundo. São esperados mais de um milhão de foliões pelas ruas da área central do Recife. 

Confira a reportagem de Gabriel Almeida:

[uolmais_audio 15741340]

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO