VISTORIAS

CREA-PE promove mais uma reunião com a equipe que vai fiscalizar polos carnavalescos

Reunião contou com a participação de representantes de vinte instituições públicas e privadas entre elas Compesa, Celpe, Corpo de Bombeiros, Detran, Emlurb e Polícia Militar

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/01/2016 às 17:45
Leitura:
Baile dos Artistas será realizado nesta sexta (22) e passou por vistoria nesta tarde
Foto: JC Imagem


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE) promoveu, nesta quinta-feira (21), mais uma reunião preparatória para os trabalhos de fiscalização preventiva integrada nos polos de carnaval do estado. O encontro ocorreu na sede do órgão no bairro do Espinheiro, área central do Recife, e contou com a participação de representantes de vinte instituições públicas e privadas entre elas Compesa, Celpe, Corpo de Bombeiros, Detran, Emlurb e Polícia Militar.

O objetivo das inspeções, que são realizadas há mais de uma década, é garantir a segurança nos polos de folia. O gerente de fiscalização do CREA-PE, Marcílio Leão, detalha o trabalho do grupo. “O CREA capitaneia um grupo de instituições públicas e privadas no sentido de resguardar a sociedade quanto a segurança e o transcurso dos eventos sem problemas técnicos ou tumultos, danos à população”, contou, dizendo ainda que dificilmente alguma irregularidade passará.

Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim:

O trabalho de fiscalização preventiva integrada já começou nesta tarde com a inspeção da estrutura do Baile dos Artistas, que vai ocorrer no Clube Português, nesta sexta-feira (22).

Na reunião desta quinta ficou decida ainda pela formalização do grupo de fiscalização para atuação anual nas mais diversas festas que compõem o calendário de eventos do estado, como relata o gerente de fiscalização do CREA. “Nós vamos formalizar o grupo. Ou seja, ele vir a constituir um grupo efetivo, formal, anual de verificação de eventos como carnaval, São João, semana santa, para que a sociedade tenha um resguardo conjunto de todas as instituições”, explicou.

Denúncias sobre estruturas irregulares montadas para este carnaval podem ser feitas no site www.creape.org.br, repetindo www.creape.org.br.

Mais Lidas