FALÊNCIA DO SISTEMA

Governador do estado anuncia medidas de reforço na Penitenciária Barreto Campelo

De acordo com o governador, é preciso mais esclarecimentos sobre o que pode ter provocado a evasão de 53 detentos da unidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/01/2016 às 15:29
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal


Durante assinatura de ordem de serviço para a duplicação da ponte do Janga, em Paulista, o governador Paulo Câmara falou pela primeira vez da fuga em massa da penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, esta semana.

De acordo com o governador, é preciso mais esclarecimentos sobre o que pode ter provocado a evasão de 53 detentos da unidade. Ele explica que providências vão ser tomadas pelo governo para evitar que outros casos como este se repitam. “Vamos reforçar as instalações, com mais iluminação, com mais câmera, mais reforço na parte estrutural e reforço policial”, disse, apontando ainda que é "inadmissível" uma situação como essa.

Gabriel Almeida dá os detalhes:

O presidente do sindicato dos agentes penitenciários de Pernambuco, João Carvalho, afirma que se até o próximo mês, o governo não apresentar medidas mais eficazes para combater a fuga de detentos das unidades prisionais, a categoria vai entrar em greve. Ele denunciou ainda que faltam coletes para trabalhar.

O governo do estado se comprometeu em iniciar as obras de reconstrução dos muros externos da Barreto Campelo, até o final do mês. O projeto prevê o revestimento de concreto na estrutura. O investimento está orçado em R$ 2 milhões.

Mais Lidas