MOBILIDADE

Motoristas que utilizaram pista leste da Via Mangue aprovaram tempo de viagem

De acordo com a CTTU, 24 agentes e outros 24 orientadores de trânsito facilitam o fluxo de veículos nas ruas da Zona Sul, orientando os condutores sobre as mudanças

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/01/2016 às 16:00
Leitura:


Trânsito livre e fluxo de veículos tranquilo no primeiro dia de funcionamento da pista Lesta da Via Mangue, Zona Sul do Recife, nesta sexta-feira (22). No sentido do bairro de Boa Viagem para o centro da cidade, os motoristas que passam pelos 4,360 km do trecho aprovam a novidade.

De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), cerca de 35 mil carros devem passar por dia pelo local, facilitando o trânsito nas outras avenidas da Zona Sul da capital pernambucana.

Quem seguiu pela Via Mangue, que vai da rua Antônio Falcão, no bairro da Imbiribeira, até o túnel Josué de Castro, na altura da rua Antônio de Góes, já percebeu a diminuição do tempo do percurso, mas quem não pegou a pista leste da intervenção, ainda não sente as diferenças no trânsito.

Para o auxiliar de vendas Hugo Leonardo, a Via Mangue facilitou consideravelmente o trajeto da Zona Sul ao centro. “Facilitou muito. Ficou muito rápido”, contou, dizendo que pega a Av. Boa Viagem, antes da liberação do trecho novo.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

Já o motorista Isauro Rufino, acredita que o congestionamento nas Avenidas Boa Viagem, Conselheiro Aguiar e Antônio de Góes não melhorou com a Via Mangue funcionando para quem sai da Zona Sul. “Tá horrível. Mesmo com a Via Mangue. Por enquanto tá horrível. Não sei se vai melhora”, reclamou o motorista

De acordo com a CTTU, 24 agentes e outros 24 orientadores de trânsito facilitam o fluxo de veículos nas ruas da Zona Sul, orientando os condutores sobre as mudanças. No total, foram investidos R$ 431 milhões nas obras de construção da pista leste da intervenção. A pista Oeste, no sentido Zona Sul, foi aberta em junho de 2014.

Mais Lidas