AEDES AEGYPTI

Presidente Dilma faz reunião de emergência para discutir combate ao mosquito da dengue

A presidente convocou o ministro da Saúde e também o da Defesa, para cobrar resultados do combate ao mosquito

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/01/2016 às 8:45
Leitura:
Foto: Divulgação

A presidente Dilma Rousseff voltou para Brasília nesta quinta-feira, após a inauguração da Via Mangue, na Zona Sul do Recife, e já chamou o ministro da Saúde para uma reunião de emergência. Marcelo Castro estava em outro avião, rumo à Paraíba, onde participaria de um evento de combate ao aedes aegypti, quando recebeu um telefonema dizendo que cancelasse tudo e voltasse à capital brasileira.

A presidente também chamou o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, para cobrar engajamento das Forças Armadas no combate ao mosquito. No Recife, Dilma Rousseff pediu o engajamento da população. “A gente só vai conseguir combater e ser vitoriosos se a população se engajar. Por mais esforço que nós façamos, sempre é possível existir um possível foco do mosquito que passa despercebido. A população tem mil olhos e é ela que vai nos ajudar, enquanto não podemos fazer um combate mais genérico, com a vacina”, apelou.

Em Brasília, o diretor de Vigilância das Doenças Transmissíveis, Claudio Maierovitch, disse que a produção do mosquito geneticamente modificado, que ajudaria a diminuir a população da espécie, ainda é uma experiência que está longe de chegar a todo o país. O mosquito modificado é o macho que, estéril, mesmo fecundando, a fêmea não procria.

Ouça mais na matéria de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas