RISCO

Número oficial de fugitivos do Presídio Frei Damião de Bozzano é de 40

36 foram capturados, dois morreram, um ficou ferido e outro permanece foragido

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/01/2016 às 9:01
Leitura:
Foto: Lélia Perlim/Rádio Jornal

Na manhã deste domingo (24), após fuga em massa que aconteceu na tarde deste sábado (23), os portões do Presídio Frei Damião de Bozzano foram abertos para a visita dos familiares. A Secretaria Executiva de Ressocialização (SERES) informou que 40 detentos fugiram da unidade após a explosão do muro do presídio.

Na mesma tarde, a Polícia Militar recapturou 36 deles, dois foram a óbito - Egton Matias de Araujo e Wallesson Alessandro de Lima, e um encaminhado ao Hospital Otávio de Freitas. Os presos recapturados vão ser submetidos ao Conselho Disciplinar. O detento Kleber José de Araújo, de 32 anos, encontra-se foragido.

O buraco que foi feito no local, possibilitando a fuga dos detentos, já foi fechado com placas de concreto, e policiais da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) de Pernambuco fazem a vigilância do local.

Estiveram na penitenciária o Instituto de Criminalística (IC), para realizar a perícia técnica, e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que irá instaurar inquérito policial para a apuração dos fatos. A SERES informou, ainda, que vai abrir uma sindicância a fim de apurar as circunstâncias da fuga.

As informações são da repórter Lélia Perlim:

Vale destacar que a ocorrência no Complexo Prisional do Curado aconteceu na mesma semana em que houve uma fuga de 53 presos da penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, Região Metropolitana do Recife.

Parte de um dos muros do Presídio Frei Damião de Bozzano foi destruída com explosivos. Durante a fuga dos detentos, houve troca de tiros, e alguns fugitivos chegaram a invadir casas próximas.

Ouça a reportagem de Henrique Barros:

Mais Lidas