VIOLÊNCIA

Homem é baleado e morto após confusão na UPA de Nova Descoberta

Confusão teria começado após homem tentar atendimento para o filho que havia engolido uma bolinha de ping-pong

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/01/2016 às 17:07
Leitura:
Foto: Cortesia

Um homem foi morto, na tarde desta terça-feira (26), depois de se envolver em uma confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife. Sergio Ferreira da Silva Junior, de 20 anos, foi até a unidade de saúde buscar atendimento para o filho de 1 anod, que havia engolido uma bolinha de ping-pong.

De acordo com os parentes dele, o autônomo pediu que o filho dele fosse atendido logo, com medo que ela chegasse a sufocar. Mas o pedido foi negado pelo vigilante do local, o que gerou uma grande discussão.

Já de acordo com a assessoria de comunicação da UPA, Sérgio chegou a dar um soco no vigilante e ainda teria sacado uma arma para ameaça-lo. Os policiais militares que fazem plantão no local teriam tentado contê-lo, mas ele fugiu em uma moto gerando perseguição. Cerca de 500 metros do local, já na Avenida Chagas Pereira, Sérgio foi baleado.

A esposa do homem, Stephanie Camila de Araújo, não estava na UPA com o marido e o encontrou minutos após ser baleado. “Quando eu estava vindo a caminho da UPA eu vim pela Avenida Chagas Pereira encontrei meu marido já baleado no chão”, contou a mulher. “Perguntei aos policiais, eles não responderam o que foi que tinha acontecido. Fiquei desesperada. Não queriam socorrer o meu marido, só socorreram por que eu fiquei gritando no meio da rua”, relatou a mulher.

Segundo Stephanie, Sérgio foi atingido várias vezes. “Trouxeram para UPA, meu marido já estava morto com 16 tiros que um policial tinha dado nele. E eu queria saber como é que vai ficar. Por que a gente veio procurar a UPA para socorrer nosso filho e acontece um negócio desse”, desabafou a mulher.

A criança foi encaminhada ao Hospital da Restauração onde está em observação. De acordo com a assessoria da UPA, Sérgio recebeu todos os atendimentos, mas morreu após ter uma parada cardíaca.

Mais Lidas