PRESÍDIOS

SERES apreende armas brancas e celulares no Cotel e na Penitenciária de Petrolina

Na última semana, duas fugas em massa marcaram a crise do sistema penitenciário em Pernambuco

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/01/2016 às 14:18
Leitura:
Materiais apreendidos na PDGE
Foto: Divulgação/ SERES


Armas brancas e aparelhos celulares ainda estão sendo encontradas nos presídios de Pernambuco. A cada vistoria, mais materiais são achados. Nesta terça-feira (26), a Secretaria Executiva de Ressocialização (SERES) divulgou novos números.

Nessa segunda-feira (25), a SERES vistoriou o Centro Observação Criminológica Professor Everardo Luna (COTEL), em Abreu e Lima. A Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes (PDGE), em Petrolina, Sertão do Estado, também passou por revista.

LEIA TAMBÉM: Crise no Sistema Penitenciário será resolvida em médio e longo prazo, diz governador Paulo Câmara

No Cotel, os agentes penitenciários encontraram 12 carregadores, uma faca industrial, 12 celulares e um chuço. Já na PDGE, foram 12 barrotes, 12 facas artesanais, sete celulares, um pedaço de serra, quatro chips, quatro baterias de celular, um carregador, uma balança artesanal e dez fones de ouvido.

Celulares e armas brancas encontrados no Cotel

Na última semana, duas fugas em massa marcaram a crise do sistema penitenciário em Pernambuco. Na quarta-feira, 53 detentos fugiram da Penitenciária Professor Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá. No sábado, 40 fugiram do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife. Em ambos os casos, a fuga se deu após explosão da parede.

Mais Lidas