TRANSPORTE PÚBLICO

Movimento pede multa de R$ 100 mil por dia ao Estado se as passagens de ônibus não reduzirem

Grupo conseguiu liminar na Justiça anulando seção que autorizou aumento de tarifas. Preços devem voltar aos valores praticados antes do reajuste

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/01/2016 às 9:01
Leitura:
Foto: Henrique Barros/Rádio Jornal


Reportagem de Henrique Barros

O presidente do Tribunal de Justiça de pernambuco, o desembargador Frederico Neves, já está analisando o pedido de suspensão da liminar que anulou o reajuste das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife. O Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) foi notificado pela Procuradoria Geral do Estado na noite desta quarta-feira (27).

Agora, o Grande Recife Consórcio de Transportes tem até 24 horas para oficiar a Urbana-PE, que é o sindicato que representa os empresários, e a entidade vai ter mais um dia para reajustar as tarifas, desde que a liminar ainda esteja em vigor. Por conta do não cumprimento imediato, a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco solicitou, através do autor da ação inicial, o estudante Márcio Morais, a aplicação de multa diária no valor de R$ 100 mil ao Estado de Pernambuco, por descumprimento de ordem judicial, mais as penalidades cabíveis ao administrador público, no caso o governador Paulo Câmara.

Por conta dessa demora, os protestos tem sido constantes na Região Metropolitana do Recife. Na noite desta quarta, cerca de 35 manifestantes, do Movimento Contra a Tarifa Recife, junto com integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, interromperam parte da via no Largo do Encruzilhada e também no início da Avenida Beberibe, na Zona Norte da cidade. Sob gritos de protestos, alguns entraram nos ônibus entregando panfleto e conversando com a população.

Alguns usuários que estavam em paradas de ônibus próximas ao protesto, apoiaram os manifestantes e aproveitaram para também criticar o aumento. O próximo protesto está marcado para esta sexta-feira (29) na Praça do Derby, região central do Recife.

Mais Lidas