FUTEBOL

América quebra tabu de quase 43 anos após vencer o Sport em plena Ilha do Retiro

Em duas rodadas do estadual, o Sport segue com nenhum ponto conquistado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/02/2016 às 23:53
Leitura:
Foto: André Nery / JC Imagem

A última vitória do América na Ilha do Retiro havia sido há quase 43 anos. Mais precisamente no dia 1º de Março de 1973. Mas nada como aproveitar um início de temporada para atualizar esses dados.

Pela segunda rodada do campeonato pernambucano, o Sport recebeu o América na Ilha do Retiro para tentar se recuperar na competição. Vindo de derrota fora de casa contra o Salgueiro por 2 a 0 no último final de semana, os rubro-negros entraram em campo sob a desconfiança dos torcedores.

Para o América, era a estreia no segundo turno. Já que a primeira rodada foi adiada para o dia 14 de Fevereiro, contra o Central no Ademir Cunha. Mesmo classificado em primeiro lugar no grupo B da primeira fase, para o Mequinha o que for conseguido é lucro.

Numa Ilha do Retiro quase vazia, com apenas 2.786 torcedores, o Sport não conseguiu se impor. Após um primeiro tempo muito fraco tecnicamente para os dois lados, com nenhum chute a gol do América e poucas chances de perigo do Sport, o segundo tempo mudou.

Na segunda parte, o América apostou nos contra-ataques e o Sport até que tentou abrir o marcador, mas os atacantes não estavam com a mira muito treinada. Até que aos 13 minutos, num ataque rápido, Danyel mandou por cobertura em Danilo Fernandes e marcou um golaço, que garantiu os três pontos para a equipe visitante. Para o Sport, restaram as vaias e críticas do torcedores.

Para completar a segunda rodada, nesta quinta-feira (4) o Santa Cruz recebe o Salgueiro no estádio do Arruda. Enquanto o Náutico vai até o estádio Lacerdão encarar o Central, todos os dois jogos as 20h30.

Confira a narração do gol da vitória do América, na voz de Aroldo Costa:

FICHA DA PARTIDA – SPORT 0X1 AMÉRICA

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Fábio); Serginho, Rithely (Luiz Antônio) e Éverton Felipe (Maicon); Reinaldo Lenis, Mark González e Túlio de Melo. Técnico: Falcão.
América: Delone; Ricardo, Danilo, Yuri e Jair (Da Silva); Glauber, Thiago Laranjeira (Kleytinho), Danyel e Alex; Jackson (Bala) e Neto Bala. Técnico: Charles Muniz.

Pernambucano 2016. Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Árbitro: Giorgio Wilton. Auxiliares: Francisco Chaves e José Daniel. Gol: Danyel (A) aos 13 minutos do segundo tempo. Amarelos: Danilo (A), Da Silva (A), Mark González (S) e Carlinhos Bala (A). Público: 2.786. Renda: 53.505.

Mais Lidas