SOLIDARIEDADE

Depois do incêndio, moradores da Torre recebem apoio e doações

Doações de roupas e alimentos estão sendo recebidas no IESC da Rua Imperial, no Centro do Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/02/2016 às 11:05
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

No local onde mais de 100 barracos foram destruídos por um incêndio nesta quarta-feira (3), famílias conferem o que restou no meio das cinzas. As chamas, que começaram por volta das 10h, destruíram a comunidade Via Mangue, dentro de outra comunidade, a Santa Luzia, na Torre, Zona Norte do Recife.

Nos cálculos da Prefeitura, cerca de 500 foram cadastradas nesta quarta-feira, sendo que 150 foram encaminhadas a abrigos e o restante recebeu cestas básicas e colchões, indo para casas de parentes. A defesa civil do Recife deu seguimento ao trabalho de identificação de quem morava nos locais atingidos pelo incêndio.

O secretário executivo de Defesa Civil do Recife, Cássio Sinomar, explicou que este é um trabalho técnico, que envolve engenheiros, arquitetos e assistentes sociais. “Vamos cruzar os dados recolhidos com a população, conhecendo cada pessoa, para montar a lista com as pessoas que realmente moravam na comunidade”, afirmou o secretário.

Agora, pessoas de diversas localidades arrecadam doações para as famílias prejudicadas pelo fogo, com alimentos, roupas, calçados e cestas básicas. Quem quiser ajudar pode deixar os donativos no Instituto de Assistência Social e Cidadania (IASC), na Rua Imperial, no Centro do Recife. Mais informações no telefone (81) 3355-2954.

Mais Lidas