ENTRANDO NO CLIMA

Naná Vasconcelos, Lenine e 700 convidados abrem oficialmente o Carnaval do Recife

Neste ano, a marca da festa será a diversidade cultural. A folia começa às 17h e vai até o sol raiar

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/02/2016 às 10:08
Leitura:
Foto: Marcelo Lyra/Arquivo Secretaria de Cultura de Pernambuco


Já é tradição o batuque dos maracatus comandados por Naná Vasconcelos anunciar o carnaval do Recife. Nesta sexta-feira, o tradicional cortejo dos grupos se concentra na Rua da Moeda e vai até o Marco Zero, onde abre oficialmente a Folia de Momo na capital pernambucana. A festa começa às 17h e vai até o sol raiar.

Em seguida, a partir das 22h, o Maestro Forró, um dos homenageados do Carnaval do Recife este ano, assume a festa com a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério e recebe diversos convidados, como Otto, Lirinha, Johnny Hooker, Luiza Possi, Nena Queiroga e Elba Ramalho. Quem divide o palco com Naná é o cantor e compositor pernambucano Lenine, que promete momentos inesquecíveis. Para ele, toda a programação da cidade tem sua atratividade e, para o turista, o mais bacana do carnaval de Recife é que aqui tem de tudo. Saiba mais na reportagem de Camila Brandão:

Naná Vasconcelos é o maestro da abertura do carnaval do Recife há 15 anos consecutivos e neste ano promete misturar a cultura africana, indígena e brasileira na cerimônia. A novidade deste ano é a participação de quatro grupos de caboclinho na abertura. Naná Vasconcelos conta com mais de 700 pessoas envolvidas incluindo músicos, cantores, dançarinos, nações de Maracatu, corais e caboclinhos. Para completar o grupo, a cantora cabo-verdiana Sara Tavares é uma das convidadas deste ano.

Mais Lidas