CARNAVAL

Polícia Militar vai instaurar inquérito para apurar assaltos cometidos por soldado durante o Carnaval

Com Clécio Luiz de Almeida Silva Filho foram encontrados três celulares e uma arma de fogo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/02/2016 às 14:31
Leitura:
Foto enviada via app comuniQ


Já está no Centro de Reeducação da Polícia Militar, em Abreu e Lima, o soldado da PM, Clécio Luiz de Almeida Silva Filho, de 39 anos. O policial, que é lotado no Batalhão de Guarda da Corporação, foi preso em flagrante por policiais militares da Companhia Independente de Apoio ao Turista, na tarde desse domingo (7).

Foliões o reconheceram por ter praticado assaltos na rua 13 de Maio, no Sítio Histórico de Olinda. As vítimas relataram que três homens estariam assaltando os foliões no local e uma delas reconheceu o próprio celular com o assaltante.

Com Clécio foram encontrados três celulares e uma arma de fogo. Mesmo sendo pego em flagrante, o PM, que estava de folga, não admitiu o roubo, como explica o porta-voz da Polícia, Major Júlio Aragão:



O inquérito aberto pela Policia Civil e encaminhado para o Centro de Reeducação da Polícia Militar vai ser instaurado pelo Batalhão de Guarda em que o PM está lotado, e tem 30 dias para ser finalizado.

De acordo com o Major Júlio Aragão, se condenado, o soldado Clécio de Almeida pode ser expulso da corporação.

Mais Lidas