ESCOLAS DE SAMBA

Com homenagens a ex-governadores, Gigante do Samba e Galeria do Ritmo são as favoritas ao título

Miguel Arraes e o neto Eduardo Campos foram os escolhidos pelas agremiações mais competitivas para disputar o campeonato em 2016

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/02/2016 às 7:07
Leitura:
Foto: reprodução/facebook


O grupo especial das escolas de samba de Pernambuco ganhou duas concorrentes ao título de campeã e o desfile, em 2016, chegaria a seis agremiações. Mas, para a surpresa dos expectadores, a Unidos de São Carlos, que seria a primeira a se apresentar, nem chegou a dar as caras na Avenida Nossa Senhora do Carmo. A segunda novata, a Rebeldes do Samba, vinda de Jaboatão dos Guararapes, abriu o desfile com gosto de gás.

As duas maiores agremiações de samba de Pernambuco fizeram homenagens ao ex-governador Miguel Arraes e ao neto dele, também ex-governador, Eduardo Campos. Pedro Campos, filho de Eduardo, afirma que toda a família está satisfeita com a lembrança da Gigante do Samba e da Galeria do Ritmo. “Estamos muito felizes. É uma homenagem de toda a comunidade”, disse.

Para encerrar o desfile, a Galeria do Ritmo usou um tripé com um anjo e um retrato de Eduardo Campos. Já a Gigante do Samba fechou o desfile com um carro alegórico que trazia a vereadora Marília Arraes, neta de Miguel Arraes.

Veja os temas escolhidos pelas escolas de samba em 2016

Escola de Samba Estudantes de São José
Reinado africano

Escola Rebeldes do Samba
Rebeldes traz Jaboatão dos Guararapes: origem, cultura, paixão e arte

Galeria do Ritmo
Não vamos desistir do Brasil, em homenagem a Eduardo Campos

Escola de Samba Limonil
Tudo vira fantasia em uma noite de Carnaval

Grêmio Recreativo Cultural e Arte Gigante do Samba
A saga de um mito guerreiro: Miguel Arraes no sertão brasileiro

Mais Lidas