AINDA É CARNAVAL

De Munguzá a Bacalhau, foliões de Olinda têm cardápio completo para brincar a Quarta-feira de Cinzas

Na Corrida dos Monstros, mãe que cruzou a Ladeira da Misericórdia correndo vai usar prêmio para comprar remédio do filho

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/02/2016 às 10:50
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


A despedida do carnaval em Olinda começa cedo e não tem hora para acabar. Aliás, dizem que a folia na Marim dos Caetés começa em setembro e se estende até o dia 12 de março, independente do calendário oficial.

A concentração do bloco Mungunzá de Zuza Miranda e Thais, começou às 5h desta quarta-feira (10) em frente à Catedral da Sé de Olinda. Aos presentes, foram distribuídos cerca de cinco mil copinhos da delícia pernambucana que dá nome à agremiação.

Depois é hora de cair no passo com orquestras de frevo, boneco gigante e o estandarte, que tem quase quatro metros de altura. Este ano a homenageada é Dona Mauricéia, responsável pelo preparo do cardápio desde o início da festa, há 21 anos.

Dentro da comemoração do Munguzá, a famosa Corrida dos Monstros premiou vai com R$ 200 os primeiros a cruzar a Ladeira da Misericórdia. Na ala masculinas, o vencedor foi Marcone Soares, que se inspirou no lutador Popó. Na etapa feminina, Rosângela Xavier diz que pensou no filho na hora de tomar fôlego. “Com esses R$ 200 vou comprar o remédio do meu filho, que custa R$ 130, e dar entrada no outro”, diz.

Depois do munguzá, foi hora de acertar o passo no tradicional Bacalhau do Batata. Na concentração, que também é no Alto da Sé, teve distribuição gratuita de batida e de caldinho de feijão.

Foto: Twitter/JC Imagem


O bloco homenageia o garçom Isaías Ferreira da Silva, o famoso Batata. A brincadeira começou há 57 anos e há mais de duas décadas é tocada pelos familiares do batata.

O estandarte “leva” todos os ingredientes da bacalhoada. O bloco reúne milhares de foliões para descer a Ladeira da Misericórdia, Rua do Bonfim com parada nos Quatro cantos, Ribeira e em frente à sede da Prefeitura de Olinda.

Mais Lidas