PERIGO

Ex-jogador do Sport, Leonardo, segue internado no Hospital da Restauração sem previsão de alta

Exames apontam para o diagnóstico de neurocisticercose, provocada pela ingestão de carne de porco maltratada

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/02/2016 às 17:20
Leitura:
Foto: JC Imagem


O ex-jogador do Sport, Leonardo, de 41 anos, segue internado no Hospital da Restauração. De acordo com a chefe da UTI adulto da unidade, Fátima Buarque, o estado de saúde do ex-atacante é grave, mas ele não corre risco de morte.

Leonardo deu entrada no HR no último dia 3 com quadro de febre e histórico de convulsões. Ele foi diagnosticado com uma lesão cerebral expansiva em decorrência de processo inflamatório.

Em coletiva realizada nesta sexta-feira (12), Fátima Buarque falou do tratamento realizado e da evolução clínica do paciente. “O Leonardo está grave. Desde ontem suspendemos as sedações que vinham usando há quatro dias para observar a evolução clínica neurológica dele, uma vez que ele evoluiu com queda do nível de consciência e foi precisar entubar”, explicou.

Ainda segundo a médica da UTI, apesar de não correr risco de morte o ex-atacante pode ficar com sequelas devido à gravidade do caso.

Isabela Dias traz os detalhes:

Fátima também explica que estudos ainda estão sendo realizados, mas exames apontam para o diagnóstico de neurocisticercose, provocada pela ingestão de carne de porco maltratada. “Ele está na UTI exatamente observando e já tratando todo o processo de encefalite, por que o que ele tem em consequência da neurocisticercose é um processo de inflamação no cérebro”, explicou. “Vamos acreditar que esse processo inflamatório se reverta e ele possa retornar, abrir os olhos”, revelou.

Terceiro maior artilheiro da história do Sport, o ex-atacante Leonardo vinha atuando nas divisões de base do clube.

Mais Lidas