EDUCAÇÃO

Nova escola da rede municipal de ensino é inaugurada na Zona Sul do Recife

520 alunos já começaram as aulas no prédio que tem 1.600 metros

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/02/2016 às 13:37
Leitura:
Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR


Com investimento de R$ 2.300 milhões em recursos próprios da Prefeitura do Recife, a nova sede da Escola Municipal Professor Manoel Torres, no bairro da Imbiribeira, Zona Sul da capital, foi inaugurada nesta segunda-feira (15). Ao todo, 520 alunos já começaram as aulas no prédio que tem 1.600 metros quadrados, salas equipadas com ar condicionado, biblioteca com tablets e refeitório.

Antigamente a escola funcionava em uma casa alugada na mesma rua e atendia 280 estudantes das comunidades da Zona Sul do Recife, a exemplo da Coqueiral e Entra Apulso. A estudante do 5º ano do ensino fundamental, Willi Yasmin, de 10 anos, gostou do que viu na nova escola. “Eu achei muito bonita e está melhor do que a outra, porque tem ar condicionado e é mais espaçosa”, disse.

A Márcia Bezerra é mãe do aluno Tiago, que estuda na mesma sala que a Willi. A dona de casa compara o prédio novo com a antigo. “Agora vai ficar bem melhor. Lá era uma sala pequena, uma escola pequena e aqui é bem maior. E é mais perto de casa”, comentou.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio falou das vantagens para os jovens e garantiu que outras instituições de ensino devem ser entregues ainda no primeiro semestre de 2016.

Porém, de acordo com a oposição do recife, a Escola Professor Manoel Torres foi entregue com mais de dois anos de atraso e cheia de problemas. É o que diz o líder da oposição na Câmara de Vereadores do Recife, André Regis. “O prefeito chegou aqui para inaugurar uma escola e lamentavelmente negligenciando pontos importantes de segurança para as crianças. E também a não adequação da escola ao ano letivo, na medida em que as crianças não receberam os devidos fardamentos”, denunciou.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Recife a obra foi entregue com atraso, mas nada que prejudicasse os alunos das comunidades.

Mais Lidas