SEGURANÇA NA ESCOLA

Profissionais de educação recebem capacitação da polícia sobre a Lei do Bullying

Serão cerca de 120 professores e profissionais de educação participando da capacitação. A lei entra em vigor no Brasil dentro de 90 dias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/02/2016 às 14:09
Leitura:

Cerca de 120 professores e profissionais de educação de 75 escolas públicas e particulares de Pernambuco participam esta semana de uma capacitação sobre a Lei do Bullying, que entra em vigor no Brasil dentro de 90 dias.

O encontro acontece no Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife, e tem como finalidade orientar os profissionais sobre o que está estabelecido na lei para que as escolas promovam assim trabalhos preventivos.

O gestor do DPCA, delegado Nehemias Falcão, detalha o que vai ser abordado durante o encontro. “Nós estaremos apresentando a legislação propriamente dita, a lei 13.185. Também formas de prevenção, o nosso dia a dia aqui no que diz respeito às ocorrências de ato infracional envolvendo o adolescente, que muitas vezes tem início diante da prática de um bullying, e também a parte repressiva”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim:

O delegado ainda explica o que caracteriza o bullying. “Para se estar configurado bullying o autor tem que de forma repetitiva e sem motivo aparente, de alguma forma, ofender, xingar, agredir a vítima e isolar a vítima”, destacou o delegado.

O gestor do DPCA aponta ainda que o bullying em si não é crime, mas as consequências graves dele. “O bullying em si não é crime, mas a conduta para se chegar ao cometimento do bullying pode se configurar, no caso do adolescente, um ato infracional”, revelou. “Esse adolescente deverá ser apresentado ao Ministério Público e então poderá vir a ser aplicado uma medida socioeducativa que pode ir desde uma advertência até um internamento”, completou.

Mais Lidas