OPINIÃO

Brasil registrou mais de 9 milhões de pessoas desempregadas de setembro a novembro de 2015

Confira a coluna Economia e Negócios completa desta sexta-feira (19) com o economista Ecio Costa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/02/2016 às 13:54
Leitura:
Foto: Reprodução/ Internet


O contingente de desempregados no Brasil chegou a 9,126 milhões pessoas de setembro a novembro do ano passado. O reflexo disso foi um aumento de 41,5 % no número de pessoas que procuram emprego sem encontrar, em comparação com o mesmo período de 2014. Este é o maio número da série histórica do Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), que teve início no primeiro trimestre de 2012.

O economista Ecio Costa comentou o assunto. “É um aumento expressivo. Essa pesquisa é mais completa do que a Pesquisa Mensal de Empregos que vai deixar de ser feita, fevereiro vai ser o último mês. Ela atinge um número de municípios bem maior”, explicou. “São 210 mil domicílios com vários municípios e 2 mil entrevistados, então a gente pode ter uma confiança muito maior nesses números”, completou.

A taxa de desemprego no período era de 9% e era de 6,5% no período anterior. O economista afirma que o aumento é reflexo do momento da economia.

Confira a coluna Economia e Negócios completa:

Mais Lidas