PERNAMBUCANO 2016

Definidos esquemas de segurança, transporte e trânsito para o clássico das multidões na Ilha do Retiro

Para o presidente do Sindicato dos Metroviários, Diogo Morais, número de policiais destacados é abaixo do necessário

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/02/2016 às 11:56
Leitura:
Foto: Rodrigo Lôbo | JC Imagem


Mais de 500 policiais militares vão fazer a segurança no clássico das multidões, entre Sport e Santa Cruz. O primeiro jogo de grande público do ano na cidade, ocorrerá neste domingo (21) na Ilha do Retiro.

Na parte interna, vão ser 157 PMs do Batalhão de Choque e da Companhia Independente de Policiamento com Cães. Já na parte externa e nas principais vias de acesso, 324 policiais vão estar nos pontos estratégicos.

Mas a principal preocupação fica por conta da segurança nas estações de metrô e nos terminais integrados de passageiros. Apenas 83 PMs a pé e motorizados vão ficar responsáveis por essas áreas.

Para o presidente do Sindicato dos Metroviários, Diogo Morais, é um número bem abaixo do necessário. “A gente já teve situações em que tinham quantitativo de policiais maior do que esse e tivemos problemas”, disse.

Genildo Pereira, diretor do Sindicato dos Rodoviários vai mais além e não descarta, inclusive, que em caso de insegurança e vandalismo, motoristas e cobradores possam parar as atividades. “Nenhum trabalhador é obrigado a exercer suas funções quando há risco para sua integridade física”, alertou.

Para ajudar a polícia contra a violência, a Secretaria de Defesa Social conta com o WhatsApp do Torcedor, para que a população denuncie através de informações, fotos e vídeos. O número é 98606-9880.

Independente da segurança, o Grande Recife Consórcio montou um esquema especial de transporte. Na ida para o estádio, a partir de 14h30, nove veículos estarão divididos nos terminais de Afogados, PE 15 e Rio Doce. Na volta para casa, a partir das 17h30, 18 veículos aguardam os usuários no Terminal Integrado de Joana Bezerra.

Agentes de trânsito da CTTU também estarão nas ruas para auxiliar no de veículos nas vias próximas ao estádio. A operação tem início às 11h com 35 agentes e apenas a Rua Tabaiares, que dá acesso ao estágio, será interditada.

Confira a reportagem de Henrique Barros:

Mais Lidas