CONSULTÓRIO

Dirofilariose canina pode ser transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

Veterinários explicam a possibilidade de transmissão e os impactos da doença nos cães

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/02/2016 às 21:53
Leitura:
Foto: reprodução/internet

O Consultório do Rádio Livre desta segunda-feira (22) tratou da dirofilariose canina. Graça Araújo recebeu os veterinários Nadine Louise e Allisson de Sá. Os estrevistados falaram da possibilidade do mosquito Aedes aegypti infectar cães com a doença.

Allisson de Sá explicou o que é o problema e como ele pode ser provocado. “A dirofilariose é conhecida popularmente como a doença do verme do coração. São vermes que se alojam nolado direito do coração e isso traz comprometimento de ordem cardíaca e pulmonar para o animal. A transmissão seria feita pelo mosquito. Ele vai transmitir as microfilárias, elas se transformam em vermes adultos e causam a doença em si”, fala.

Confira o consultório Completo:

Nadine Louise comentou sobre a possibilidade de transmissão da doença pelo mosquito Aedes aegypti. “Há uma possibilidade, sim, de que o mosquito transmita a dirofilariose, mas ainda não dá para confirmar porque não existe uma comprovação científica. Em outros países, nos Estados Unidos e no continente europeu, já foi comprovada essa forma de transmissão”, explica.

A doutora destacou também que fez testes com uma infecção experimental do mosquito em laboratório, mas ele não conseguiu transmitir a doença. Nadine explicou que mesmo com os resultados, ainda não dá para apresentar uma resposta com certeza devido às diferenças nas condições do laboratório em relação ao do ambiente natural onde o Aedes aegypti, segundo a veterinária ele pode se comportar de maneira diferente nos dois casos.

Mais Lidas