DESARTICULADA

Ação conjunta das Polícias Civil e Federal prende integrantes de quadrilha em Jaboatão de Guararapes

Os integrantes também são investigados por roubo de cargas dos Correios, na BR-101, vindas da Paraíba

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/02/2016 às 17:43
Leitura:

Polícia Civil apresentou nesta terça-feira (23), detalhes sobre prisão de uma quadrilha, na última sexta (19), em um posto da BR-232, em Santo Aleixo, Jaboatão dos Guararapes. Os homens foram pegos antes de praticar um assalto a um correspondente bancário em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Os integrantes são investigados por roubo de cargas dos Correios, na BR-101, vindas da Paraíba. Ao todo, foram seis investidas nos últimos seis meses.
A quadrilha também é suspeita de praticar diversos assaltos a agências bancárias na Região Metropolitana do Recife. Quatro suspeitos foram presos na ação conjunta das Polícias Federal e civil. São eles: Jorge Alfredo Rodrigue, de 24 anos, André Ricardo Salvador de Souza, de 36 anos, Josias Laurentino Ferreira, 47 anos, e Anderson Mendes do Carmo.

O delegado da Polícia Federal, Eduardo Passos, confirma o flagrante e afirma que as investigações continuam. “A quadrilha está sendo investigada pela Polícia Federal por roubos a cargas do Correio, na BR-101. E confirmado o que a gente tem, nesse momento, é o flagrante que foi realizado pela Polícia Civil nesse trabalho de integração e temos alguns roubos confessados pela quadrilha”, disse o delegado.
O delegado disse que as investigações continuam, mas os detalhes não podem ser repassados para não atrapalhar o andamento do trabalho. “É uma quadrilha extremamente ativa de assaltos aqui em Pernambuco”, destacou o delegado.

Anderson Mendes e Jorge Alfredo, roubaram um carro em Caaporã, interior da Paraíba e vieram com o veículo, um pálio, que seria utilizado na investida de Vitória. Eles são investigados por roubo de carga, assaltos a bancos e crime de trânsito. Os dois foram indiciados por roubo e associação criminosa armada.
André Ricardo participou de um assalto a uma loja de autopeças em Prazeres no dia 30 de janeiro e assaltos a bancos. Ele foi indiciado por receptação e associação criminosa armada e porte ilegal de arma de fogo. Já Josias Laurentino, confessou ter assaltado a Americanas Express de Olinda um dia antes de ser preso, além de ter receptado o carro roubado em Caaporã e ter participado de assaltos a bancos.
O delegado da Polícia Civil, Paulo Berenguer, detalha como os suspeitos atuavam. “É uma quadrilha bastante organizada, com várias frentes e com funções bem definidas. Normalmente eles são bem violentos, eles entram armados, são bem planejados e realizam esses assaltos com sucesso”, falou.
Todos os suspeitos confessaram os crimes.

Mais Lidas