OLINDA

Moradores de Peixinhos perdem tudo após incêndio atingir barracos na Comunidade Vila da Família

A área atingida mede aproximadamente 1.000 metros quadrados. Apesar da gravidade do incêndio, não houve vítimas.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/02/2016 às 5:49
Leitura:
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros


Na manhã desta terça-feira (23), um incêndio de grandes proporções atingiu atingiu a Comunidade da Vila da Família no bairro de Peixinhos, em Olinda, próximo ao Nascedouro. De acordo com informações iniciais, o fogo começou por volta das 4h e foi controlado cerca de duas horas depois.


Moradores da comunidade esperam a chegada da Defesa Civil e dos órgãos de assistência social depois do fogo destruir as casas onde moravam. Muitos deles perderam tudo o que tinham e, por pouco, não ficaram feridos. Foi o caso da dona de casa desempregada Mariana Pereira, que só teve tempo de pegar a filhinha e sair do local. "Perdi tudo que a senhora imaginar. Remédio, fralda, não deu tempo de salvar nada", lamenta em conversa com a repórter Clarissa Siqueira:

O pipoqueiro Severino David viu quando as chamas começaram. Ele conta que a esposa acordou ele dizendo que estava sentindo cheiro de fio queimando e ele abriu a porta para verificar. Severino chegou a pegar um balde com água para tentar apagar, mas desistiu ao perceber que o fogo era alto demais. "Era um monstro de fogo. Só deu tempo de tirar duas máquinas que fazer algodão doce e um ventilador. A minha pochete com dinheiro. o celular que estavam carregando, geladeira, televisão, tudo pegou fogo", conta.

De acordo com os Bombeiros, sete viaturas foram enviadas ao local e a equipe trabalha agora na fase de rescaldo. Foram utilizados 12 mil litros de água e 25 militares trabalharam no combate à ocorrência. Apesar da gravidade do incêndio, não houve vítimas.

A área atingida mede aproximadamente 1.000 metros quadrados. Cerca de 600 famílias vivem no local há aproximadamente 10 anos. Este foi o segundo incêndio registrado no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros, apensar uma perícia poderá esclarecer a causa do fogo.

Mais Lidas