SOLIDARIEDADE

Após incêndio em comunidade, moradores da Vila da Família pedem doações

Alimentos, roupas e material de limpeza podem ser encaminhados à Rua Caetés, nº 69, em Peixinhos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/02/2016 às 10:24
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

A Vila da Família amanheceu em cinzas depois do incêndio que destruiu as moradias de centenas de pessoas em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Um novo cadastro das famílias foi feito pela Secretaria de Habitação e Obras da cidade, mas até agora os moradores não têm um posicionamento oficial.

Muitos dos desabrigados foram para casas de parentes. Quem não tem para onde ir, está alojado em um prédio do Centro da Juventude, em Peixinhos, onde são oferecidos cursos profissionalizantes para jovens da comunidade e, por isso, as atividades foram interrompidas. No local, 30 pessoas estão à espera de uma definição.

Um dos líderes da comunidade, Flávio Marques da Silva, conta que falta comida para quem está desabrigado. “O principal problema é a falta de alimentos, principalmente por causa das crianças. Se não tivermos uma resposta até às 15h desta quarta-feira (24), vamos protestar nas duas faixas da Avenida Presidente Kennedy”, afirma.

A necessidade de ajuda é urgente. Alimentos, roupas e material de limpeza podem ser encaminhados à Rua Caetés, nº 69, em Peixinhos.

Mais Lidas