POLÍTICA

CPI que investiga contratos da limpeza urbana afasta prefeito de Itamaracá por 90 dias

O gestor é alvo de duas CPIs que investigam desvio de verbas no contrato da limpeza urbana e irregularidades no fundo de previdência do município.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/02/2016 às 10:13
Leitura:
O recado é exibido na entrada da Câmara Municipal da Cidade e foi afixionado hoje.


A Câmara Municipal de Itamaracá está reunida nesta quarta-feira (24) para empossar o vice-prefeito da cidade, Ephrem Teodoro de Macedo (PPS). O gestor da Ilha, Paulo Batista Andrade (PTB), foi afastado por 90 dias.

A decisão também foi tomada pela Câmara Municipal como parte de duas CPIs que investigam desvio de verbas no contrato da limpeza urbana e irregularidades no fundo de previdência do município.

Foto cedida pelo promotor de Justiça Marcellus Ugiette/Arquivo pessoal


Em novembro do ano passado, uma inspeção surpresa em penitenciárias de Itamaracá encontrou mais de 100 toneladas de lixo. Na época, o secretário de Infraestrutura da cidade culpou os feriados e disse que não estava recebendo apoio do Governo do Estado.

Mais Lidas