INVESTIGAÇÃO

Seres vai apurar esquema de venda de celulares dentro do presídio de Igarassu

Uma das suspeitas é que outros servidores e agentes penitenciários estariam facilitando a entrada de celulares na unidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/02/2016 às 17:51
Leitura:
Foto: Reprodução internet


A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) abriu sindicância administrativa disciplinar para apurar um esquema de venda de celulares dentro do presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife.

Um auxiliar de dentista é investigado por envolvimento no mercado irregular. Uma das suspeitas é que outros servidores e agentes penitenciários estariam facilitando a entrada de celulares na unidade.

Em despacho, na última semana, o secretário de ressocialização, Éden Vespaziano, pediu “apuração rigorosa dos fatos”, designou dois servidores para investigar o caso, em um prazo de 20 dias.

Mais Lidas