OLINDA

Um dia depois do incêndio na Vila da Família, desabrigados denunciam falta de apoio do poder público

Flávio Marques da Silva, um dos líderes da comunidade, denuncia a situação e afirma que se não houver melhoria, os moradores vão realizar um protesto

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/02/2016 às 16:08
Leitura:
Foto: Divulgação | Corpo de Bombeiros


Os moradores desabrigados após incêndio na Vila das Famílias, em Peixinhos, Olinda, denunciam a falta de assistência por parte da prefeitura do município e do governo do estado. Um dia depois do fogo reduzir a pó centenas de barracos da comunidade, as famílias que conseguiram ir para casa de parentes sentem-se abandonadas.

Um novo cadastro dos desabrigados foi feito pela secretaria de habitação e obras da cidade, mas até agora os moradores não tem um posicionamento oficial. A incerteza quanto ao futuro é sentida também pelas 30 pessoas que não tinham para onde ir e estão abrigadas de forma improvisada em um prédio do Centro de Juventude, em Peixinhos.

Flávio Marques da Silva, um dos líderes da comunidade, denuncia a situação e afirma que se não houver melhoria, eles vão fazer um protesto esta tarde na Avenida Presidente Kennedy. “Tem muitas crianças com fome (...) não recebemos nada de alimentação. Se eles não derem nenhuma resposta, a Presidente Kennedy vai ter protesto nas duas faixas”, afirma.

A secretária de assistência social de Olinda, Vera Lúcia Gomes Ferreira, relata que as famílias estão recebendo alimentação e também foram providenciados colchões e lençóis.

Lélia Perlim traz os detalhes:

Doações de alimentos, roupas e material de limpeza podem ser encaminhadas para a Rua Caetés, 69, em Peixinhos.

LEIA MAIS

Moradores da comunidade Vila da Família, em Peixinhos, aguardam ajuda depois de incêndio no local
Após incêndio em comunidade, moradores da Vila da Família pedem doações
Moradores de Peixinhos perdem tudo após incêndio atingir barracos na Comunidade Vila da Família

Mais Lidas