MAU CHEIRO

Governo do Estado tem até a próxima terça-feira para concluir reparos no armazenamento de corpos do IML

Temperatura da câmara fria acima do recomendado e os corpos estão apodrecendo. Mau cheiro toma conta do local

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/03/2016 às 10:39
Leitura:
Moradores da área estão reclamando de mau cheiro. Foto: JC Imagem


Um problema na refrigeração do Instituto Médico Legal (IML) do Recife, em Santo Amaro, está causando desagrado para os funcionários e moradores dos entornos. A câmara fria, que mantém os corpos congelados a temperaturas negativas, está danificada. O resultado é que os corpos estão apodrecendo, causando a liberação de um forte odor que pode ser sentido a uma distância considerável do Instituto.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) determinou em audiência realizada na última quinta (3) que a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS/PE) tem até a próxima terça-feira (8) para consertar a câmara e providenciar o sepultamento dos corpos. A audiência contou com a participação de representantes do IML, da SDS e da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (APEVISA). Caso descumpra o prazo, os órgãos envolvidos podem enfrentar processo judicial. Confira a reportagem completa na voz de Lélia Perlim:

Mais Lidas