PROTESTO

Servidores da saúde do Recife ameaçam entrar em greve nesta sexta-feira

A categoria pretende manter apenas serviços essenciais de urgência e emergência

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/03/2016 às 15:59
Leitura:
Imagem meramente ilustrativa

Os trabalhadores da saúde no Recife decidiram paralisar as atividades a partir desta sexta-feira (11), depois de uma assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (9) na Central Única dos Trabalhadores. A decisão foi tomada em conjunto com o Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco.

A categoria questiona a perda salarial de aproximadamente 11% e o atraso da gratificação dos servidores, como detalha o presidente do sindicato, José Francis Herbert. “A gente tem uma reivindicação que vem de perdas salariais 2014 e 2015 que chega a um patamar de, mais ou menos, 11%. A gente está reivindicando a reposição dessas perdas e, consecutivamente, ganhos e algumas gratificações que estão congeladas há mais de quatro anos”, explicou.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Nascimento:

Segundo José Herbert, as atividades vão ser suspensas por tempo indeterminado, até que haja um acordo com a prefeitura. “A categoria já decidiu que nós vamos paralisar as atividades a partir de sexta-feira, vamos manter só os serviços essenciais de urgência e emergência”, destacou.

Nesta tarde ocorre uma reunião do sindicato profissional dos auxiliares e técnicos de enfermagem com a prefeitura do Recife. A prefeitura pretende apresentar uma contraproposta. Depois desta reunião, a categoria vai definir os novos rumos da greve.

Mais Lidas