CAMPANHA SALARIAL

Servidores do Recife rejeitam proposta da Prefeitura e passam a madrugada na Câmara

O presidente da Câmara de Vereadores afirma que os servidores estão realizando um movimento legal.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/03/2016 às 5:39
Leitura:
Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores


A decisão foi tomada depois que a gestão municipal decidiu oferecer reajuste salarial de 5% para quem ganha até R$ 1.700. Cerca de 30 servidores estão agora na Câmara de Vereadores do Recife para impedir que os vereadores votem o projeto de aumento salarial que será enviado pela Prefeitura.

De acordo com a categoria, a proposta apresentada é absurda, já que o valor é muito abaixo da inflação do ano passado, que foi de 10,57%, e sequer contempla todos os 34 mil servidores. Dentro de uma câmara fechada, sem luz ou ar-condicionado, o servidor Fagner Valença diz que só deixa a câmara mediante um diálogo decente por parte da gestão de Geraldo Julio.

Foto: Edmar Melo/JC Imagem


Gabando-se de dar um reajuste de apenas 5%, a Prefeitura disse em nota que o aumento já vale para o mês de março. Sobre a ocupação na Câmara, o presidente da Casa, o vereador Vicente André Gomes, disse que os servidores estão realizando um movimento legal. "É extremamente democrático e eu não irei impedir".

Depois de uma assembleia realizada nessa quarta-feira (9), os servidores da saúde do recife decidiram paralisar as atividades a partir desta sexta (11). O acordo foi feito depois de um consenso entre o sindicato profissional dos auxiliares e técnicos de enfermagem de Pernambuco. A greve dos professores chegou ao segundo dia nessa quarta-feira, e conseguiu fechar 30% das escolas da cidade.

Mais Lidas