BRUTALIDADE

Mãe de adolescente morto em São Lourenço da Mata acredita que suspeito do crime não agiu sozinho

O adolescente foi encontrado morto nessa quinta-feira e estava desaparecido desde a quarta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/03/2016 às 14:16
Leitura:
Adolescente morto será sepultado em São Lourenço da Mata
Foto: Reprodução


O corpo do adolescente Denílson Antônio Teixeira da Silva, de 13 anos, encontrado morto no Engenho Cangaçá, em São Lourenço da Mata, depois de mais de 24 horas desaparecido, deve ser enterrado nesta sexta-feira (11) no Cemitério de São Lourenço da Mata. O velório vai ser realizado na casa da família esta tarde, no bairro de Muribara, na mesma cidade.

Denílson desapareceu na última quarta-feira (9), quando saiu para encontrar o professor de uma escolinha de futebol, José Luciano Silva, de 40 anos, apontado como o principal suspeito da morte do garoto.

A mãe de Denílson, Vânia Maria da Silva, chegou a receber um telefonema do filho pedindo socorro, mas logo em seguida a ligação caiu. “Senti um desespero muito grande, por não poder ajudar, por não saber onde ele tava, sem saber qual destino tomar para procurar”, relatou, angustiada.

Confira os detalhes na reportagem de Lélia Perlim:

A mulher pediu que as mães tomem cuidado para que a situação não se repita e acusa o homem de ter participado de outros casos. “Sirva para alertar a segurança da cidade. Quando vier um voluntário dar aula para as crianças, que tomem mais cuidado, que puxe a ficha, para que não aconteça mais casos como aconteceu com o meu e com outras pessoas”, disse. “Eu tenho certeza que muitas crianças aqui desaparecidas tem o dedo dele”, completou.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o garoto com o técnico de escolinha, na quarta-feira, dia em que o adolescente desapareceu:

O professor de futebol já foi preso em 2007, no estado do Mato Grosso, pelo crime de pedofilia. A mãe de Denílson contou que o homem não despertava qualquer suspeita na cidade. "Enquanto eu estiver respirando, eu só vou me conformar quando estiver preso o último que fez isso com ele", revelou a mãe.

Suspeito do crime está no Cotel, em Abreu e Lima
Foto: Divulgação

José Luciano foi autuado por homicídio e ocultação de cadáver e está à disposição da justiça no Cotel, em Abreu e Lima. A polícia aguarda os laudos do Instituto de Medicina Legal (IML) para determinar a causa da morte do garoto e se houve ou não violência sexual contra ele.

Mais Lidas