OPINIÃO

Mercado econômico reage negativamente à ida de Lula para a Casa Civil

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios, desta quarta-feira, com o economista Ecio Costa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/03/2016 às 13:22
Leitura:
Foto: AFP

Após o anúncio, nesta quarta-feira (16), de que o ex-presidente Lula será o novo ministro da Casa Civil, o mercado econômico começa a reagir negativamente. O dólar disparou e a bolsa começou a despencar.

Romoaldo de Souza traz os detalhes da nomeação de Lula direto de Brasília:

A reação se justificaria, em parte, pela possibilidade cada vez mais distante do impeachment da presidenta Dilma Rousseff e também pela ideia de usar reservas do país para atenuar a crise, via redução da dívida pública ou estímulo ao investimento. Ou seja, utilizar as reservas em dólar que o país tem.

O economista Ecio Costa comentou a hipótese e lembrou que, no passado, Dilma já se pronunciou contrário a medida, além do presidente do Banco Central. “Mas com a ida de Lula para o Ministério pode ser que haja uma mudança séria na utilização das reservas internacionais e a gente utilize com intuito de incentivar investimentos na economia brasileira”, pontuou.

Mas, de acordo com o economista, a utilização dessa receita é muito difícil de ser feita.

Confira os detalhes na coluna Economia e Negócios desta quarta-feira (16):

Mais Lidas