VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Professor suspeito de agredir ex-namorada é desligado da Uninassau

Na manhã desta segunda, estudantes da instituição de ensino realizaram um ato repudiando as acusações contra o professor e pediam a saída dele

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/03/2016 às 17:55
Leitura:
Marcas da violência foram publicadas no Facebook
Foto: Reprodução/ Facebook

Após a repercussão do caso do professor Thiago Ianatoni, suspeito de agredir a ex-namorada Candice Dantas, o Centro Universitário Maurício de Nassau divulgou que o profissional foi desligado do seu quadro de docentes.

A informação foi repassada no final da tarde desta segunda-feira (21). A nota da Uninassau diz que a decisão foi tomada após a instauração de uma Comissão de Sindicância para apurar o ocorrido com o professor Thiago Ianatoni, e seguindo os regimentos dispostos em seu Código de Ética, decidiu pelo desligamento do docente da Instituição.

Na manhã desta segunda, estudantes da instituição de ensino realizaram um ato repudiando as acusações contra o professor e pediam a saída do mesmo. O relato da ex-namorada do professor foi divulgado no Facebook e rapidamente ganhou repercussão.

Estudantes realizaram um protesto na manhã desta segunda
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornalç

Confira a nota completa:

A UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau informa que, após a instauração de uma Comissão de Sindicância para apurar o ocorrido com o professor Thiago Ianatoni, e seguindo os regimentos dispostos em seu Código de Ética, decidiu pelo desligamento do docente da Instituição. Ressaltamos que a UNINASSAU não compactua ou tolera quaisquer tipos de violência, seja ela verbal, física ou psicológica, e que irá apurar todas as denúncias efetuadas através da nossa ouvidoria e fale conosco e as notícias divulgadas pela imprensa envolvendo nossos discentes e docentes, tomando as medidas cabíveis e necessárias a cada caso.

Mais Lidas