POLÍTICA

Paulo Câmara vai à Brasília pedir apoio à lei de renegociação de dívidas

O governador de Pernambuco se reuniu com deputados e senadores para pedir uma prazo maior para o pagamento de empréstimos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/03/2016 às 7:43
Leitura:
Foto: Arquivo/JC Imagem


O governador Paulo Câmara e mais nove gestores se reuniram com os presidentes Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cuha (PMDB-RJ), nessa terça-feira (22), para pedir rapidez na votação de um projeto de lei que estende prazo de pagamento das dividas dos Estados com a União. Caso seja aprovada no congresso, a proposta pode aumentar o prazo das dívidas dos estados com a união por mais 20 anos.

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil


A medida ainda prevê o alongamento das dívidas das federações junto ao BNDES por um período de 10 anos, o que deve aliviar a vida dos governadores. Mas para começar a valer, a medida precisa ser aprovada pelo congresso. Para Paulo Câmara, a aprovação da lei é necessária para que os governadores possam trabalhar mais tranquilos em tempos de crise.

Pernambuco renegocia com o governo federal uma dívida de R$ 3 bilhões de 1997, além de empréstimos obtidos por bancos públicos.

Mais Lidas