OPERAÇÃO ARREIOS DA LEI

Polícia desarticula quadrilhas especializadas em homicídios e tráfico de drogas

A Operação Arreios da Lei durou cerca de seis meses e prendeu 15 pessoas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/03/2016 às 15:12
Leitura:
Foto: JC Online


Quinze integrantes de duas quadrilhas envolvidos em homicídios, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, roubos e receptação de veículos já estão presos. Eles atuavam em Caruaru e Bezerros, no Agreste, e foram encaminhados à penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, à Cadeia Pública de Bezerros, e à Colônia Penal Feminina de Buíque, municípios do Agreste pernambucano.

O grupo foi desarticulado por meio da Operação Arreios da Lei, que durou seis meses. O delegado responsável pela investigação, Bruno Vital, detalha como agiam as quadrilhas. “Inicialmente, elas visam o lucro através da morte por encomenda. Por consequência, eles disputam o território pelo controle da região e isso acabava nas mortes dos integrantes das quadrilhas”, explicou o delegado.

Confira os detalhes na reportagem de Suelen Fernandes:

Os crimes estão em fase de investigação. A polícia não descarta a prisão de outras pessoas envolvidas.

Entre os 15 presos, está uma mulher de 19 anos. A polícia apreendeu dois veículos, 19 armas de fogo, 22 munições, um quilo de maconha, e R$ 10.200 em espécie.

Mais Lidas