MATA SUL

Vítimas de triplo homicídio são enterradas em Barreiros sob forte comoção

Entre os mortos está uma criança de sete anos.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/03/2016 às 6:42
Leitura:
Foto: reprodução/TV Jornal


O garoto João Vitor Silva Lima, de 7 anos, foi nesse sepultado domingo (27) junto com o pai e o tio no cemitério de São Miguel em Barreiros, Zona da Mata Sul do Estado. O triplo homicídio que abalou a cidade aconteceu na tarde do último sábado (26).

João Vitor estava sentado no colo do pai, João Pedro da Silva Lima, de 25 anos, conhecido como “Mazela” quando foi atingido por dois disparos sendo um na mão e outro no peito. Um tio da criança identificado como Fernando Soares Silva Lima, de 31 anos, que estava no local também foi assassinado.

De acordo com informações, as três vítimas estavam no estabelecimento comercial da mãe da criança quando dois desconhecidos chegaram em uma moto. Os suspeitos teriam chegado ao local procurando por João Pedro.

Dentro do estabelecimento, os assassinos executaram os dois adultos, a criança e feriram a esposa de João Pedro na perna. De acordo com testemunhas a moça não morreu porque se fingiu de morta ao levar o tiro.

O avô materno do garoto, que preferiu não ser identificado, diz que João Pedro tinha envolvimento com uma quadrilha de roubo e furto de veículos no estado de Alagoas e havia sido ameaçado de morte após cometer um homicídio contra outros integrantes desta mesma quadrilha:

O avô do menino criticou a insegurança no município e disse que falta policiamento na cidade. Ele também relatou que o IML só chegou ao local para recolher os corpos seis horas após o crime.

Mais Lidas