CAMPANHA SALARIAL

Servidores do Detran radicalizam greve e órgão diz que não negocia

Nesta terça-feira (29), 100% das atividades estavam paralisadas. Detran diz que só negocia quando a greve for encerrada

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/03/2016 às 10:06
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal

Em greve desde o dia 4, servidores do Detran paralisaram 100% das atividades nesta terça-feira (29). Não há previsão para o retorno do funcionamento e quem procura o órgão está saindo sem atendimento. Saiba mais no flash de Clarissa Siqueira:

Nem a emissão de documentos ou a retirada da primeira habilitação, serviços que eram realizados no começo da greve, estão sendo feitos hoje. É o caso do motorista Cássio Alexandre, que chegou por volta das 6h, chegou a ser recebido, mas teve o atendimento interrompido sem explicação.

Por meio de nota, o Detran informou que só vi negociar com os servidores quando eles voltarem ao trabalho, já que a greve foi decretada ilegal. Em contraponto, o presidente do sindicato que representa a categoria diz a paralisação não justifica a falta de negociações. “Não é por que a gente está em greve que eles não vão negociar. Isso é uma intransigência, é uma forma de negar os direitos do trabalhador. Inclusive, esses direitos foram assinados e acordados pelo Detran”, disse.

A categoria reivindica um reajuste salarial de 33,25% e vale refeição no valor de R$ 250. Uma nova assembleia para discutir os rumos da paralisação está marcada para o próximo dia 4.

Mais Lidas