BRASÍLIA

Dilma discursa contra impeachment durante entrega da 3ª fase do MCMV

Esta terceira fase do programa Minha Casa, Minha Vida terá mais recursos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/03/2016 às 15:06
Leitura:
Presidente durante discurso na entrega da terceira fase do Minha Casa, Minha Vida
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil


O programa Minha Casa, Minha Vida chegou, nesta quarta-feira (30), à terceira fase com mais recursos, espaço ampliado para construção dessas residências e tecnologias como redes para que seja instalada internet. Também teve espaço, durante a solenidade, para discurso contra o impeachment.

A meta do Ministério das Cidades é entregar duas milhões de residências até o final do mandato da presidente Dilma Rousseff em dezembro de 2018. Nesta terceira fase, serão atendidas famílias que recebem até R$ 6.500 por mês. O valor máximo do imóvel será de R$ 225 mil.

No discurso de pouco mais de 30 minutos, a presidente decidiu dedicar a metade para falar do programa. A outra metade foi toda de improviso e Dilma Rousseff aproveitou para falar contra o impeachment.

“Assim sendo, não existe essa conversa ‘não gosto do governo então ele cai’. Não existe isso. Não adianta fingir que nós estamos discutindo, em tese, um impeachment. Nós estamos discutindo um impeachment muito concreto sem crime de responsabilidade”, disse a presidente, falando ainda que lamenta o clima de intolerância entre a população.

Confira os detalhes na reportagem de Romoaldo de Souza:

Hora pedindo aos movimentos sociais para que se organizem, e hora pedindo que defendam o mandato dela. Em alguns momentos, ministros, deputados, senadores, funcionários do Planalto e os manifestantes dos movimentos populares fizeram um coro contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, contra a Rede Globo e defendendo o mandato de Dilma.

O PMDB, que ontem desembarcou do governo, foi a legenda ausente na solenidade. O vice-presidente, Michel Temer, também não compareceu

Mais Lidas