POLÍCIA

Delegado suspeita que jovens foram drogadas e abusadas sexualmente

Adolescentes foram encontradas nesta segunda-feira (4), prestaram depoimento na DPCA e fizeram exames no IML

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/04/2016 às 22:00
Leitura:

As adolescentes que estavam desaparecidas desde domingo (3), encontradas na tarde desta segunda (4), no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, prestaram depoimento na noite de hoje, no Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA). De acordo com o delegado gestor da DPCA, Ademir de Oliveira, Brenda Pereira Ramalho, de 13 anos, e Alessandra Kuniscki, de 14, foram encaminhadas para o Instituto de Medicina Legal (IML), onde fizeram exames toxicológicos, traumatológicos e sexológicos.

O delegado conversou com a imprensa e contou alguns detalhes dos depoimentos, nos quais as jovens alegaram terem sido vítimas da ação de criminosos. De acordo com ele, as garotas disseram que, na noite do domingo, caminhando pela rua, foram abordadas por três homens adultos que passavam com um carro, e as obrigaram a entrar no veículo, levando-as para uma casa, onde passaram toda a noite na companhia desses indivíduos.

Ainda segundo Ademir de Oliveira, as adolescentes disseram que, quando foram deixadas nas proximidades do Terminal da Macaxeira, por volta do meio dia, partiram com os mesmos pertences para o bairro do Espinheiro, onde finalmente foram localizadas pela Polícia. As investigações do caso continuam sob responsabilidade da DPCA, e o resultado dos exames está previsto para sair em até 30 dias.

Confira os detalhes no flash do repórter Henrique Barros:

Mais Lidas